Transtornos Alimentares
Com a experiência clínica, apresentavam-se a mim muitas demandas sobre o mal relacionamento das pessoas e a forma que se alimentavam. Foi então que busquei mais conhecimento nessa área e iniciei a Especialização de Transtornos Alimentares, Obesidade e Cirurgia Bariátrica.  
Carol Rangel Psicóloga
O ser humano se nutre de alimentos e sentimentos, mas a maioria não sabe identificar de que tem fome. Confunde fome fisiológica com fome emocional e acaba desenvolvendo hábitos disfuncionais com a comida por falta de tomada de consciência sobre suas próprias necessidades físicas e emocionais.
O autoconhecimento é muito importante nessas situações, pois se as pessoas não souberem identificar e lidar com suas emoções de uma maneira que não envolva comida, não poderão controlar seus hábitos alimentares por muito tempo. E é por isso que as dietas frequentemente falham, porque as pessoas não tem controle consciente sobre seus hábitos alimentares.

Busco ajudar as pessoas a identificarem e a diferenciarem se o que estão sentindo é fome física, vontade de comer ou fome emocional, pois desta forma poderão livrar-se do comer emocional, encontrando outras maneiras de alimentar seus sentimentos e terem uma relação mais tranquila com a comida.

Beijos
Carol Rangel 🦋

“Emoção assumida, não vira comida!”
Sophie Deram

Vamos conversar?

LOCALIZAÇÃO

Rua dos Andradas, 1137 – sala 1818. Centro histórico – Porto Alegre
CEP: 900200-07

CONTATO

(51) 99468-4475

carolrangel.psi@gmail.com

Fale comigo

Vamos conversar?

LOCALIZAÇÃO

Rua dos Andradas, 1137 – sala 1818. Centro histórico – Porto Alegre
CEP: 900200-07

CONTATO

(51) 99468-4475

carolrangel.psi@gmail.com

Fale comigo

Marketing Digital por Batista Comunicação

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Oi :) Posso te ajudar?