Qual a sua Linguagem do Amor?

Para que saibamos nos amar antes de tudo e, assim, melhorarmos nossos relacionamentos como um todo, precisamos compreender tudo aquilo que nos envolve e faz parte de nós. O primeiro passo para isso é investir em autoconhecimento, ou seja, saber profundamente sobre o nosso funcionamento interno. É possível melhorar ainda mais a autoestima e o amor-próprio, sabendo identificar como você se sente amado? De que forma você comunica o seu amor e compreende ser amado? Qual sua linguagem do amor?

Existem cinco linguagens básicas pelas quais o amor é expressado e compreendido. Cada indivíduo nasce com uma maneira específica de identificar, receber e dar amor. Esse processo é chamado de linguagem, e as várias maneiras de expressá-la são chamadas de “dialetos”.

Você pode ser mais assertivo em sua comunicação afetiva, identificando qual a sua linguagem do amor e também a linguagem que as pessoas que você se relaciona utilizam para isso.

Pensando nisso, Gary Chapman, autor do livro “As cinco linguagens do amor”, nos mostra as principais formas que utilizamos para nos expressar, quando o assunto é relação interpessoal e eu gostaria de dividir com você para que possa identificar qual a sua linguagem do amor. São elas:

Palavras de afirmação

São sentenças expressas em elogios como “O jantar estava ótimo”, afirmações como “Acho que você faz isso muito bem” e incentivos como “Vai dar tudo certo”. Existem pessoas que utilizam este tipo de linguagem para expressar o seu amor por alguém e aqueles que se sentem altamente valorizados quando escutam afirmações como estas e muitas outras. Da mesma forma que as palavras podem nos elevar, elas também podem fazer com que nos sintamos mal, sem vontade de realizar nossas atividades e até mesmo desmotivados.

Sendo assim, é fundamental estar sempre atento à energia que você propaga ao seu redor por meio das palavras, pois elas podem prejudicar não só as pessoas que lhe rodeiam, mas também a você mesmo. O ideal é que você fique atento, e, sempre que possível, ofereça o seu apoio, por meio de palavras de afirmação a quem estiver precisando de algo neste sentido, principalmente os indivíduos que recebem melhor este tipo de linguagem.

Tempo de qualidade

Diz respeito à dedicação de um tempo exclusivo, ainda que pequeno, a você e aqueles que você mais ama e deseja ter por perto. As expressões ou dialetos podem ser: ler um bom livro, ouvir suas musicas preferidas, conversas de qualidade, passeios, assistir televisão juntos, ir ao cinema, marcar encontros, assim por diante.

Acredito que essa seja uma das linguagens mais essenciais na atualidade. Acontece que, com a correria e a quantidade de demandas que necessitam da nossa atenção diariamente, acabamos deixando de tirar um tempo para nós, ou passar um tempo com as pessoas que são importantes para a nossa existência em si. Com isso, vamos perdendo o contato, e, conforme a vida se desenrolando, podemos até não encontrar mais maneiras de retomar a convivência com estas pessoas.

Assim, é fundamental que encontremos um tempo, que dediquemos um período do dia para estar, verdadeiramente, com nós mesmos, com nossos cônjuges, nossos filhos, amigos, familiares e todas as pessoas que considerem a nossa presença como algo de real importância. Mais do que presentes, o que essas pessoas de fato querem e merecem é que estejamos com elas de corpo e alma, sem preocupações aparentes.

Presentes

Nesta linguagem o que menos importa é o valor financeiro, pois o amor pode ser expressado por meio de uma flor, uma pizza ou uma joia, por exemplo. Se presenteie, se mime. O importante aqui é o valor simbólico do que é presenteado, uma vez que a pessoa que o recebe se sente imensamente grata, feliz e realizada quando percebe a importância e o significado que tem em sua vida.

Para as pessoas que se sentem amadas por meio desta linguagem, o fundamental é saber que o presente está sendo dado de coração, com a intenção realmente de agradar e deixar uma marca, fazendo com que esta se sinta lembrada, mesmo quando está ausente.

Atos de serviço

Aqui o que você faz conta mais do que qualquer palavra. Faça uma boa comida para você, limpe a casa para você se sentir bem, não somente para receber os outros. Formas de expressão como: lavar a louça, consertar a fechadura, levar o lixo para fora, levar o carro para lavar, entre outros atos de serviço, demonstram à pessoa o quão importante ela é para você, e, principalmente que você faz de tudo para vê-la feliz e realizada.

Assim, a minha dica aqui é que você fique atento às formas, aos serviços que você pode empregar a você e às pessoas, fazendo com que elas sintam-se valorizadas e até mesmo motivadas por você. Além de amados, as chances de fazer estes indivíduos felizes é bem grande.

Toque físico 

Beijos, abraços, carinhos, mão no ombros, as relações sexuais, toque suaves pelo corpo, mãos dadas, entre outros gestos, representam essa linguagem do amor. Mais do que saber que o amor existe, algumas pessoas têm a necessidade de sentir fisicamente esse amor. Por isso, fazem questão de receberem carinho, por meio do toque, para que assim sintam-se também mais seguras. Você pode fazer isso por você mesmo, como uma massagem, passar um hidratante em você mesmo, um abraco 

Mas vale o lembrete: é importante saber se o outro também deseja receber amor dessa maneira, caso contrário, corre-se o risco de invadir o espaço da pessoa e dela acabar não gostando.  

Beijos
Carol Rangel 🦋

Vamos conversar?

LOCALIZAÇÃO

Rua dos Andradas, 1137 – sala 1818. Centro histórico – Porto Alegre
CEP: 900200-07

CONTATO

(51) 99468-4475

carolrangel.psi@gmail.com

Fale comigo

Vamos conversar?

LOCALIZAÇÃO

Rua dos Andradas, 1137 – sala 1818. Centro histórico – Porto Alegre
CEP: 900200-07

CONTATO

(51) 99468-4475

carolrangel.psi@gmail.com

Fale comigo

Marketing Digital por Batista Comunicação

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Oi :) Posso te ajudar?