Você sabe identificar suas emoções?

Todos os indivíduos possuem emoções dentro de si, seja em maior ou menor grau. Somos indivíduos capazes de sentir e provocar as mais diversas emoções. E conhecê-las é fundamental para o nosso autoconhecimento.Tem formas menos dolorosas de se aprender as coisas, por reflexão ou imitação, entretanto, vejo tudo como uma grande bagagem e experiência que carrego comigo. Não é uma bagagem que pesa, por incrível que pareça, ela faz com que tudo hoje seja mais leve, inclusive meu riso. Porém, nem sempre foi assim, já pesou demais.
Eu só consegui deixar leve quando parei de questionar o PORQUÊ e comecei a perguntar PARA QUE? E, o que poderia aprender, sobre mim e sobre a vida?
Como diz Sartre “Não somos aquilo que fizeram de nós, mas o que fazemos com o que fizeram de nós”.
A partir desse fundamento, entendi que não adiantaria ficar me lamentando por tudo que tinha feito ou que tinham feito comigo, e que eu poderia escolher o que fazer a partir disso.
E ao passar por um processo de psicoterapia na abordagem gestáltica, pude escolher um caminho mais criativo e mais leve para lidar com minhas questões. Com boas doses de autoperdão, foi possível olhar para meus erros como algo natural, aceitar que sou falha e ressignificar todos eles.
A Gestalt Terapia busca aceitação da condição humana para responsabilizar-se. A busca da consciência plena, de quem somos e o que queremos. Um movimento de aceitar tudo que existe em mim, sem luta, sem autopunição, para aí sim, ser diferente.
E preciso dizer que eu amo a mulher que me tornei. Não sou perfeita, longe disso, e ninguém é. Mas já desatei muitos nós do casulo que me aprisionava e estou pronta para novos voos e novos recomeços necessários.
E você? Já ressignificou seus erros?
A Gestalt Terapia pode te ajudar!

Resignificando Erros

Um dia me perguntaram se eu me arrependia de algo que fiz e se faria alguma coisa diferente na minha vida, e para ser sincera, eu precisei rir! Ninguém entendeu nada, como talvez agora, mas explico. Sim, já cometi muitos erros, mas não faria nada diferente. E sabe por quê? Primeiro, porque não posso voltar no tempo, só posso fazer diferente hoje, e faço! Segundo, porque entendo que meus erros foram necessários para meu amadurecimento e aprendizagem, para me tornar quem sou hoje! ⠀
Tem formas menos dolorosas de se aprender as coisas, por reflexão ou imitação, entretanto, vejo tudo como uma grande bagagem e experiência que carrego comigo. Não é uma bagagem que pesa, por incrível que pareça, ela faz com que tudo hoje seja mais leve, inclusive meu riso. Porém, nem sempre foi assim, já pesou demais.
Eu só consegui deixar leve quando parei de questionar o PORQUÊ e comecei a perguntar PARA QUE? E, o que poderia aprender, sobre mim e sobre a vida?
Como diz Sartre “Não somos aquilo que fizeram de nós, mas o que fazemos com o que fizeram de nós”.
A partir desse fundamento, entendi que não adiantaria ficar me lamentando por tudo que tinha feito ou que tinham feito comigo, e que eu poderia escolher o que fazer a partir disso.
E ao passar por um processo de psicoterapia na abordagem gestáltica, pude escolher um caminho mais criativo e mais leve para lidar com minhas questões. Com boas doses de autoperdão, foi possível olhar para meus erros como algo natural, aceitar que sou falha e ressignificar todos eles.
A Gestalt Terapia busca aceitação da condição humana para responsabilizar-se. A busca da consciência plena, de quem somos e o que queremos. Um movimento de aceitar tudo que existe em mim, sem luta, sem autopunição, para aí sim, ser diferente.
E preciso dizer que eu amo a mulher que me tornei. Não sou perfeita, longe disso, e ninguém é. Mas já desatei muitos nós do casulo que me aprisionava e estou pronta para novos voos e novos recomeços necessários.
E você? Já ressignificou seus erros?
A Gestalt Terapia pode te ajudar!

Tá tudo bem não dar conta de tudo!

Tenho visto muitas postagens sobre como aproveitar a quarentena para ser mais produtivo, que agora tempos tempo de “sobra” para colocar todas as coisas em ordem. Sim, isso seria muito positivo, mas precisamos lembrar que não estamos de férias, pelo contrário, estamos enfrentando uma pandemia, e é natural sentir medo, insegurança e ansiedade. A atual situação que estamos vivenciando é uma experiência totalmente nova e adversa em nossas vidas. Dessa forma, a maneira de lidar com ela, assim como o modo de enfrentamento, é fator relevante na superação da situação, que por muitas vezes pode gerar um trauma.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Oi :) Posso te ajudar?